Encontre o que procura mais facilmente
Topo
 

Cultura

São algumas as Associações da freguesia que desenvolvem ocasionalmente eventos de carater cultural, não só localmente como noutros locais do concelho e do país.

rancho folclórico etnográfico flores do oeste

Rancho Folclórico Etnográfico Flores do Oeste foi fundado a 2 de Fevereiro de 1978, contando assim com 40 anos de muitas histórias e memórias, trazidas de cada ponto do país pelos quais foi passando como também da sua vila, A-dos-Cunhados (Torres Vedras, Lisboa)

O Rancho Folclórico Flores do Oeste, encontra-se disponível para atuações em festas, festivais e permutas com outros ranchos.
rancho_floresdooeste@hotmail.com

Pró-Memória

Criada em 10 de Abril de 1997, por Escritura Pública, a Pró-Memória nasceu a partir de um Curso Socioeducativo de “Levantamento do Património “que decorreu em A dos Cunhados, de Março a Junho de 1996.

Segundo os Estatutos, a Pró-Memória tem por objeto a preservação e divulgação do património local e a promoção da cultura.

Das muitas atividades realizadas, destacam-se:

Uma exposição etnográfica sobre a freguesia de A dos Cunhados e a edição de uma brochura, em 1997;
A apresentação das Marchas Populares, de 1997 a 2002, recomeçando em 2007;
A publicação da Monografia A dos Cunhados, Itinerários da Memória, em 2002;
A aquisição do edifício da Azenha (em ruínas), em 2001;
O início da reconstrução da Azenha, em 2002 para instalar o futuro museu etnológico da freguesia de A dos Cunhados;
A publicação do estudo Azenha de Santa Cruz, o espaço, a história e as gentes. em parceria com a CMTV, em 2006;
Participação nas Tasquinhas da Vila de A dos Cunhados;
O início da construção da Casa do Moleiro e Adega em 2004, junto à azenha com inauguração em 2009;
Realização de atividades diversas: Concursos de fotografia, Mostras de Colecionismo, Exposições temáticas, Reposições históricas, Colóquios; Tertúlias…;
Concurso de Filhós e Mostra de Doçaria (14ª edição);
Passeio BTT (7º) – “Itinerários da Memória”;
Apresentação de algumas peças de teatro, de música e de dança;
Realização de Ateliers para crianças: Reciclagem de papel, Cavaquinho, “hora do Conto”, Bolinhos, Dramatização; entre outros;
Intercâmbios com Associações da Freguesia e do Concelho de Torres Vedras e também da Fundação Inatel da qual somos sócios:
Feira oitocentista, no âmbito dos 200 anos das Linhas de Torres;
Oficina de Artes, Semana da Leitura, Biblioteca de Associação…
Criação de um Côro Infantil;
O Ciclo do trigo e uma Desfolhada ao vivo;
Opúsculo sobre os 15 anos da Associação;
Recuperação da moagem, propriamente dita (um casal de mós);
Edição do livro Azenha de A dos Cunhados, 500 anos de História

A Associação nasceu em 2009, por iniciativa de bailarinos profissionais, com vasta experiência acumulada a nível nacional e internacional na prática e no ensino da dança e tem a sua sede na localidade da Boavista, no edifício da antiga Escola e 1º ciclo, entretanto desativada.
Tem por missão contribuir para o desenvolvimento das pessoas e do território através da arte, com enfoque na dança clássica e contemporânea.
Anualmente, com a colaboração da Junta de Freguesia, organiza o curso de verão “Summerintensive” trazendo para a nossa freguesia bailarinos oriundos de todos os cantos do mundo que nas suas tendas e musica enchem o Jardim de Alcabrichel de cor e alegria.